TRISTEZA, E DEPOIS? 

TRISTEZA, E DEPOIS? 

Tempo aproximado para leitura e reflexão do post TRISTEZA, E DEPOIS?’ : 3 min.

TRISTEZA, E DEPOIS? 

O sentimento de tristeza nem sempre é prejudicial.
Ele pode redefinir direções, mostrar lados antes não notados ou simplesmente elevar nossos níveis de sensibilidade humana e espiritual. 

A tristeza será negativa sim, quando a ela vinculamos sentimentos que nos são prejudiciais como a desesperança ou o desalento, o ódio ou a raiva, a angústia ou a amargura. Por outro lado, temos que ter consciência de uma possibilidade, que depende de nós mesmos para acontecer: podemos sair da tristeza!
Como?
Fortalecendo-nos espiritualmente, seja adentrando o caminho da introspecção que nos gerem bons sentimentos, seja por meio de meditação, oração, boas leituras, músicas que nos inspiram, etc. ou de ações solidárias que sempre nos mostram novas perspectivas, seja por conversas com pessoas que, de algum modo, inspirem bons sentimentos, seja mantendo contato com a natureza, simplesmente apreciando o mar ou as árvores, as flores, o céu, o horizonte, etc. O importante é, por meio de algum modo saudável, gerar bons sentimentos que ajudam a aliviar a dor que gerou a tristeza.  

O que faz a grande diferença é: em momentos de falta de esperança, de algum modo, temos que permitir Deus em nossas mentes e corações. Quando escolhemos uma das opções anteriormente sugeridas, de algum modo, estamos escolhendo nos aproximarmos de Deus. O desafio apresentado naqueles momentos de intensa dor íntima pode advir das mais diferentes fontes, mas a opção do que devemos fazer é nossa; e a solução, no fundo, é simples: escolher Deus é o que devemos fazer!   

Ao fazermos essa escolha, haverá fortalecimento íntimo e, sem nos apercebermos, o foco não mais estará na dor, na doença, na dificuldade, na perda ou na situação tão desfavorável que pode continuar presente e pode fazer parte do imenso desafio que pode estar sendo enfrentado.

De algum modo, ao escolhermos trazer Deus em nossas mentes e em nossos corações estaremos recebendo os influxos de sentimentos positivos que necessitamos naqueles momentos de tristeza ou de vazio que podemos estar experimentando. 

Ao observarmos, nossa atenção não mais estará na dor, no vazio ou na tristeza. De algum modo, a sintonia decorrente de nossa vontade íntima manifestada ao fazermos a escolha por Deus abrirá canais que nos trarão influxos que fazem com que bons sentimentos sejam ativados e novas perspectivas se apresentem. Tais influxos positivos nos ajudam a conviver com aquela dor, mas sem nos deixarmos consumir por sentimentos de desesperança, desalento, ódio, raiva, angústia ou amargura.   

E então… apesar da dor ou do vazio que podemos estar experimentando, sairemos da experiência mais fortes e melhores que entramos. Estaremos rumando em direção a crescermos, como homens e mulheres mais humanos e mais espirituais, ou seja, como pessoas mais sensíveis e mais fortes, capazes de conviver com a dor e com a tristeza, mas sem se deixar ser consumida ou guiada por elas.

Ou, caso a escolha não seja a do fortalecimento íntimo …
podemos cair num abismo… de amarguras e mau humor…
e aí nos machucar ainda mais; então, daí será mais difícil sair, mas,
ainda assim, vale lembrar sempre: sair será questão de tempo!

Como disse o poeta ‘Carlos*,

“A dor é inevitável,
já o sofrimento, este é opcional’

O fato é que, nas vidas humanas, as dores virão e existirão por um tempo, não há como evitá-las. Fazem parte da jornada de vida de todos em nosso planeta.

O que podemos e devemos fazer é lidar com elas com sabedoria, usando forças íntimas que são ativadas quando colocamos a espiritualidade em prática.

Imagem de pequenos corações em branco, lembrando tristeza e um coração vermelho na parte superior da imagem lembrando a vida.

Aí entra nossa parte, lembrada com respeito e sensibilidade pelo poeta ao dizer: o sofrimento é opcional.’

* Poeta Carlos Drummond De Andrade, no poema “Definitivo”

Texto: TRISTEZA, E DEPOIS?”
Autor: Herbert Santos Silva
Site Intuicao.com
Imagem: Banco de dados Pixabay

Propósito do site Intuição.com:
Estabelecer, inspirar e fortalecer elos de esperança junto aos que estão na jornada de fazer deste um mundo melhor.

Ir para a Home page – Página Inicial