Ferhélin, Ouvindo as Estrelas - Capítulo 1

Ferhélin, Ouvindo as Estrelas - Capítulo 1

Tendo sido apresentada pelo mestre de cerimonias que a convidara ao palco, Ferhélin daria início à sua participação naquele congresso.

“Bom dia a todos os presentes. 

Antes de mais nada, agradeço a oportunidade de poder compartilhar alguns pensamentos e experiências aqui neste encontro tão especial. Sei que dentre os presentes há estudantes de diferentes níveis acadêmicos e pessoas de outras áreas que não as das ciências; assim, àqueles que já tem conhecimento sobre algumas das citações que usarei para ilustrar minha apresentação e que eles tão bem conhecem, peço a compreensão, pois preparei minha exposição de modo que todos, independente da área em que atuam, possam refletir sobre as informações de forma que sejam úteis a todos, independentemente de sua área e nível de escolaridade. 

Muito Obrigada!”


[1] Evolução da Física, de autoria de Einstein e Leopold Infeld: texto que explica os fundamentos essenciais da física.

[2] Srinivasa Ramanujan (1887-1920) Um indiano que merece ser conhecido, pois é uma das figuras mais interessantes da história da matemática.

[3] Bertrand Russell foi um dos importantes pensadores britânicos do século XX, Teve Influência tanto nas ciências sociais como naturais e militou também pela filosofia e pela política, onde se revelou um intenso e ardente ativista social à época.

[4] G. H. Hardy: matemático notável que foi professor da Universidade de Cambridge na mesma época de Bertrand Russell. Foi muito influente na comunidade matemática britânica do seu tempo.

[5] Pitágoras (580-497 a.C.) foi um importante matemático e filósofo grego da Antiguidade. Autor do “Teorema de Pitágoras”.

[6] Gottfried Wilhelm Leibniz: filósofo alemão e figura proeminente na história da matemática e na história da filosofia. Sua realização mais marcante na matemática relaciona-se aos conceitos de cálculo diferencial e integral. Nasceu em 1 de julho de 1646 em Leipzig, Faleceu em 14 de novembro de 1716 em Hanover.

[7] Thomas Alva Edison (1847-1931): um dos maiores inventores dos Estados Unidos. Patenteou e financiou o desenvolvimento de muitos dispositivos importantes de grande interesse industrial.

[8] Nikola Tesla: um dos maiores gênios que já pisaram em nosso planeta e que, dentre outras concepções e invenções, descobriu a corrente alternada. Nascido em 1856 em Smiljan, atual território da Croácia. Seus pais eram de etnia sérvia. Estudou engenharia elétrica na Universidade de Graz, na Áustria.

Obs. do autor: só para nos lembrarmos, a corrente alternada  é gerada a partir de elementos naturais como, por exemplo: quedas d’água e vento. Tesla foi o pioneiro a conceber e a tornar realidade os benefícios advindos do fato de que ao girar um ímã ou uma bobina a corrente elétrica era gerada. Essa é a corrente que ilumina nossas casas e chega até as tomadas que alimentam os equipamentos eletrodomésticos e eletrônicos presentes nas residências e cidades de todo nosso planeta.

[9] Max Planck é considerado como um dos fundadores da mecânica quântica. Ele foi premiado com o Prêmio Nobel de Física em 1918 pelos “serviços que ele prestou para o avanço da física com sua descoberta dos quanta de energia”, conforme atesta o site do Prêmio Nobel. 

[10] Texto do discurso que consta do Livro “Para onde está indo a ciência?” (livro traduzido por James Murphy)


Livro Ferhélin, Ouvindo as Estrelas