Um 2019 em direção à Luz!

Um 2019 em direção à Luz!

Um 2019 em direção à Luz!

Mais um ano se passa, um novo ano que chega. Novas cenas virão, novos encantos, novos momentos, novas experiências e novas aprendizagens estarão presentes. Nossa jornada continua! Que seja com gratidão no coração e que saibamos preenchê-lo de virtudes.
Compartilho aqui uma reflexão nascida ao assistir um documentário* do cientista Dr. Raymond Moody Jr. que aborda experiências de quase morte, quando um fato interessante veio à tona durante o documentário. Trata-se de relatos que constam de praticamente todos os depoimentos coletados em suas pesquisas com pessoas que foram consideradas mortas pelos médicos, mas que retornaram à vida. Um ponto chamou a atenção e gostaria de compartilhá-lo aqui no site Intuicao.com, nesta época de virada de ano que sempre nos inspira a refletir sobre nossas vidas, em especial ao novo ano que virá.

O que chamou a atenção nos depoimentos dos que tiveram aquela experiência de quase morte é o aspecto de que ali, naqueles momentos em que seus corpos são considerados mortos, eles se sentem bem vivos e assistem a muitas coisas; entre elas, um aspecto chama a atenção: Eles relatam que um filme lhes é passado. Com cenas de suas vidas, muitas das quais eles mesmos nem lembravam. O fato que chama a atenção é que as cenas que lhes vêm, não são de grandes conquistas ou aspectos que eles consideravam importantes, mas eram sim, cenas simples, de coisas aparentemente sem importância, mas ali – naquela experiência, lhes eram mostradas como tendo significado e transmitiam tanto aspectos positivos, como olhares de solidariedade que tinham dado e que nem lembravam, ou sentimentos de amor em situações as mais simples, ou apoio a alguém de forma natural, sem ter sido em momentos considerados significativos. O interessante é que, na maioria, eles nem se lembravam daquilo. Também cenas de atitudes que demonstravam fraqueza interior lhes foram mostradas em cenas que tinham vivido em suas vidas.

O interessante, ao meu ver, foi o aspecto de que momentos simples, sem show ou sem grande ‘importância’; em verdade, foram os momentos escolhidos, de algum modo, para mostrar a essência do que cada um havia feito de bom e o que tinham que melhorar em suas vidas.

Inspirado nesta mensagem – dada através dos depoimentos daqueles que experimentaram viver após serem considerado mortos, fica a mensagem para este novo ano que. chega. De que cada um de nós possamos tornar os momentos mais simples e ‘aparentemente’ sem importância, preenchidos daquilo que temos de mais belo; e que as virtudes se tornem cada vez mais naturais em nossas vidas.

Que você, que lê esta mensagem de passagem de ano, possa se banhar na luz das virtudes que refrescam a mente e fortalece

Que 2019 seja um ano em que sua caminhada seja sempre na direção da Luz, iluminada por Deus e seus ajudantes em nosso planeta.

Bem, aqui estão alguns dos presentes que podemos emprestar para nosso uso em 2019.
São alimentos, são energia e se originam da Luz de Deus. Podemos chamá-las Virtudes.
Elas estão aí para preencher de luz os nossos espíritos em 2019:

A Fé e o Amor;
a Sabedoria e a Doçura;
a Humildade e a Esperança;
a Paciência e a Perseverança ;
a Razão e a Misericórdia;
a Bondade e a Compaixão;
a Dedicação e a Sinceridade;
a Justiça e a Renúncia .

Abraços preenchidos de luz a todos,
Herbert Santos Silva

* Documentário que inspirou esta mensagem de início de ano: (Life after Death) Vida depois da Morte, do Dr. Raymond Moody Jr.